Os veículos aéreos não tripulados ou simplesmente VANT’s são os famosos drones que tanto chamam atenção por onde passam, oriundos do aeromodelismo e de uso em operações militares. Os drones agora tem conquistado espaço em diferentes setores da indústria. Essa inovação tecnológica no setor da construção civil tem sido empregada desde o início do projeto (levantamentos topográficos) ao fim da obra, revolucionando a análise e o acompanhamento das edificações, além de incrementar o marketing de grandes empreendimentos.

Drone para captação de imagens

O uso do drone permite a realização de análises através de ângulos que antes eram tidos como impossíveis.Hoje eles auxiliam no acompanhamento mais detalhado das obras e no diagnóstico de patologias, otimizando avaliações de estruturas desde as mais simples às mais complexas como mega obras de infraestrutura. Observe as imagens incríveis no vídeo ao fim da página. Seu uso impacta até mesmo na redução do índice de acidentes de trabalho, pois antes o processo para captura de imagens/filmagens necessitava de uma operação complexa, que envolvia aeronaves (pequenos aviões ou helicópteros) onde por vezes o fotógrafo/cinegrafista ficava pendurado.

Comparativo dos VANT’s com aeronaves. 

Para o marketing essas imagens se tornam um atrativo a mais, pois possibilita ao cliente uma vista única, oferecendo, por exemplo, a visão que ele terá de sua varanda ou quarto, mesmo se ele estiver adquirindo o imóvel nas fases iniciais da construção. Diversas construtoras no Brasil já aderiram essa nova tecnologia que tantas vantagens apresentam.

Assim como qualquer outra atividade na construção civil o uso do drone precisa ser feito por um profissional habilitado e com todas as certificações e permissões necessárias para levantar voo. A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) e o Departamento de Controle do Espaço Aéreo já estipularam parâmetros a serem atendidos tanto pelos VANT’s quanto pelos pilotos, que precisam de autorização da prefeitura para realização de voos em espaços públicos.

A regulamentação precisa ser entendida e seguida a fim de se evitar acidentes que podem inclusive ser fatais, pois esses equipamentos de uso profissional não são leves. Muitos devem se lembrar do acidente envolvendo um drone que despencou em um torcedor na véspera de um jogo na copa do mundo de 2014 no Brasil. Outro debate levantado a cerca do uso dos drones se dá no que tange a privacidade, pois é recorrente o surgimento de notícias a cerca de invasão em locais públicos e até mesmo residências. A tecnologia é muito útil em diversas atividades, porém é necessário que seu uso esteja resguardado pela técnica, ética e moral.  

ESCRITO POR: 

Uso de drones na construção civil

Related posts: